Saudade…

Saudade…

                Como não gosto dessa palavra! Até então tudo era muito fácil. Todo o dia podia olhar em seus olhos e me sentir segura para os obstáculos que vinham pela frente. Ele estava comigo, não precisava ter medo. E se por algum motivo sentia, ligava para ele e logo estava ao meu lado me dando conselhos.

                Agora não posso mais precisar dele, não posso contar mais com ele: nos problemas, nas perdas, nas dores. E sim me erguer e fingir que está tudo bem. Quando se está muito tempo com uma pessoa ou mesmo tem uma amizade muito forte e por algum motivo essa pessoa têm que ir para algum lugar distante, mesmo o amor e a amizade sendo as mesmas. Você não pode mais contar seus segredos como era antes.

                Sei que vai passar que daqui a alguns anos estaremos juntos e que essa distância só vai melhorar nossa relação. Mas enquanto estamos longe tudo é ruim e difícil. Uma hora passa e eu conto as horas para que tudo tenha passado.

Por: Laís Rezende (@shineelfa)

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s